Tui Na, é uma forma de massagem chinesa frequentemente utilizada junto com outras técnicas terapeuticas da Medicina Tradicional Chinesa, como a acupunturamoxabustãofitoterapia chinesa e qigong.
O Tui Na emprega técnicas de massagem para estímular ou sedar os pontos dos meridianos do paciente, visando o equilíbrio do fluxo de energia por estes canais.
É ensinado nas escolas de acupuntura como parte da capacitação dos alunos para o trabalho em medicina Oriental.
Várias escolas de artes marciais orientais também ensinam o Tui Na a seus alunos mais adiantados para uso pessoal e profissional.
O Mestre Liu Pai Lin, grande divulgador desta técnica no Brasil, afirmava em seus cursos que esta é uma técnica tão importante quanto a acupuntura. Destacava que o terapeuta de Tui Na que compreenda profundamente os princípios do diagnóstico e do tratamento segundo a medicina tradicional chinesa exerce uma arte terapeutica completa e eficaz.
O Tuiná é definido da seguinte forma pela The English-Chinese Encyclopedia Of Practical Traditional Chinese Medicine - Tuina Therapeutics"O Tuiná chinês é uma das matérias médicas abrangidas pelas teorias da Medicina Tradicional Chinesa - MTC, na qual, manipulações são usadas para estimular os pontos ou outras partes da superfície do corpo, para corrigir o desequilibrio fisiológico do mesmo e alcançar efeitos curativos. É uma parte muito importante da MTC. Na China antiga, a terapia era classificada em: medicina interna e medicina externa; o Tuiná está incluído na primeira."


O Tuiná Infantil apresenta efeitos satisfatórios quando usado pra tratar distúrbios do sistema digestivo, como: diarréias, vômito, dor abdominal e obstrução intestinal; apresenta, também, notáveis efeitos quando aplicado no tratamento de deficiência da Vitamina D, distrofia, anorexia, sarampo, tosse, disenteria bacteriana, infecção no trato respiratóriosuperior, bronquite asmática, anemia e febre. Além disso, desempenha um papel evidente em aumentar a imunidade infantil. Depois de tratados com o Tuiná Infantil, crianças suscetíveis ao resfriado comum, devido à baixa função imunológica, podem se manter afastadas do mesmo por um longo tempo.

Contra-indicações do Tuiná


Conforme a Enciclopédia Chinesa de Tuiná, as contra-indicaçãos não são absolutas na terapia pelo Tuiná. Para algumas doenças, a terapia pode ser usada como medida auxiliar para aumentar o efeito curativo e eliminar sintomas. 


Na prática clínica, deve-se prestar atenção ao seguinte:


Geralmente falando, não é recomendável tratar pacientes com câncer.

Não tratar doenças transmissíveis agudas ou crônicas, tal como a hepatite.
Doenças infecciosas, como erisipela, artrite supurativa e medullitis.
Doenças hemorrágicas diversas, tais como úlcera gástrica no período de sangramento, hematúria e hematoquézia.
Tumores malignos, tuberculose e piemia.
Queimadura e dermatite ulcerativa.
Sangramento devido a trauma.
Região sacrolombar e abdominal da mulher em período menstrual ou gravidez.
Não manipular aqueles pontos que possam induzir à interrupção da gravidez nos três primeiros meses.

O Tuiná preventivo



Em diversos países no oriente há parques como este com pedrinhas para a prática de auto-massagem preventiva. O desenho indica a relação dos pontos dos pés com o organismo segundo os princípios de reflexologia do Tui Na.
O Tuiná pode ser usado não somente para tratar doenças, mas para proteger a saúde e desenvolver o corpo, de forma que uma doença possa ser contida no seu início.
Em seu livro Jin Yao Lue, Zhang Zhongjing, um famoso médico da Dinastia Han (206 a.C - 220 d.C), assinalou: "assim que uma sensação de peso é sentida nos membros, Daoyin, Tuna, Zhenjiu e Gaomo -- massagens aplicadas por meio de ungüentos -- todos os quais são métodos terapêuticos, são executados com a finalidade de prevenir a obstrução dos nove orifícios, repelindo a doença no seu início". Isto mostra que o Tuiná (de auto-terapia) era extensamente usado naquele tempo como meio de prevenir doenças e proteger a saúde. Nossos antepassados mantinham o fluxo de "Qi" fluindo livremente, fortalecendo os tendões e ossos e livrando-se da fadiga e inquietude por praticar a auto-terapia, com a finalidade de prevenir doenças e prolongar a vida. Uma das essências da ciência de prevenção e cura na Medicina Tradicional Chinesa é: prevenção primeiro e tratamento depois, o que foi bem explanado acima. Os frutos da moderna medicina para idosos e medicina esportiva sugerem que a necessária condição do estado mental dos idosos, perante as doenças, deve ser encontrada; por isso o Tuiná preventivo, para os idosos, deve ser desenvolvido o mais cedo possível com métodos satisfatórios".


Efeitos do Tuiná

O Tuiná tem o efeito de dupla direção na regulação do função corporal. Por exemplo: o Tuiná aplicado nos Acupontos correspondentes no abdômen e nas costas ou, nos membros superiores dos pacientes com hiperperistalse ou hipoperistalse, pode aumentar ou diminuir a peristalse anormal, fazendo-a retornar ao estado normal. A função fisiológica anormal do corpo é geralmente devido a doenças causadas por bactéria, vírus, protozoário ou fatores químicos e físicos. Os medicamentos podem ser usados para conter o crescimento da bactéria ou vírus ou eliminá-los. Mas isso não assegura que a função fisiológica anormal será naturalmente corrigida. É por isso que a cura é mais demorada quando alguma doença for tratada somente com medicamentos. Neste caso, se o Tuiná for acrescentado, a cura virá mais cedo. As teorias da Medicina Tradicional Chinesa acreditam que o Tuiná aja nos Pontos, canais e colaterais ao longo do corpo, regulando o funcionamento dos órgãos internos. Isto é, o Tuiná pode desobstruir os Canais e Colaterais, promovendo a circulação sangüínea e regulando o Yin e o Yang, para que a função do corpo volte ao normal.
Pesquisas modernas provam que o Tuiná melhora a microcirculação do sangue e do sistema linfático, que traz recuperação mais rápida para as várias lesões dos tecidos moles, tais como o deslocamento e a contusão. Além disso, porque o Sistema Nervoso, controlando a microcirculação dos órgãos internos, se conecta com a pele. O Tuiná, aplicado em pontos certos sobre a superfície do corpo, pode regular também a microcirculação dos órgãos internos que ajusta o funcionamento dos mesmos. É por isso que o Tuiná, podendo exercer efeito no Sistema Nervoso Central, pode ser usado para provocar anestesia, para baixar a febre nas crianças, ajustando a temperatura do corpo e para tratar a hipertensãoe a neurose.
Altas dosagens de medicamentos químicos, usados por muito tempo, pode resultar em resistência à droga e os efeitos colaterais de algumas drogas pruduzirão sérias seqüelas. Porém, o Tuiná não só não produz efeitos colaterais, como pode aumentar a imunidade do corpo, ajustando as funções do mesmo. Por isso, o Tuiná é barato, altamente eficaz, benéfico, uma medicação ideal e sem efeitos colaterais.
No presente momento, muitas coisas podem ser feitas no campo do Tuiná. Primeiro, o mecanismo do Tuiná precisa ser investigado à luz das modernas teorias médicas. Segundo, o Tuiná deve ser usado para tratamento de mais doenças, em práticas clínicas, para alargar o alcance de suas indicações. Terceiro, o Tuiná deveria ser expandido para o resto do mundo, para que as pessoas fora da China possam apreciar o que este tratamento médico significa. Finalmente, mais instrumentos usados para o tratamento, experimentos, pesquisas científicas e o ensino do Tuiná deveriam ser desenvolvidos.


Shiatsu (transliteração do kanji1 japonês 指圧) é um método terapêutico originado no Japão entre o final do século XIX e início do século XX1, tendo-se criado desde o princípio diferentes técnicas, ramos e estilos, que seguiram modificando-se quando o Shiatsu encontrou-se com outras culturas de cura por todo o mundo2, 3. A despeito das muitas diferenças entre suas várias escolas, o Shiatsu mantém sua característica básica, que é ser uma terapia corporal que utiliza pressões com os dedos ao longo do corpo (Em japonês, o vocábulo vem de Pressão="Atsu"+dedos="Shi"). O Shiatsu é praticado de forma profissional, mas também em ambiente familiar (amador).